Menu

text4360

FELIZ (?) DIA DO SERVIDOR PÚBLICO

VALORIZAÇÃO DO SERVIDOR PÚBLICO

O maior patrimônio de um órgão público é o seu corpo de servidores, principalmente quando estão motivados, com boas condições de trabalho e remuneração condizente.

São cidadãos que se dedicaram, estudaram, muitas vezes com sacrifícios financeiros, em busca do objetivo de passar em um concurso para servir ao público nas mais diversas áreas do Estado.

É clara a atual desilusão dos servidores públicos que, após muita luta para garantir a aprovação em concursos, são relegados a ganhar um salário muito aquém do real valor que tem e merecem.

Um órgão que se reputa por sério deve sempre valorizar a “prata da casa”, sem perseguições ou rancores. A nós, servidores que visamos e pensamos no bem e na valorização do órgão, não se promove a desvalorização, mas sim se garante capacitação, gestão moderna e, principalmente, se oferece melhores condições de trabalho e de salários.

Sob o manto protetor de relativa estabilidade e irredutibilidade da remuneração, além do amparo de um sindicato forte e atuante, o servidor tem por obrigação adotar pequenas medidas que valorizem o ofício e melhorem as relações no âmbito laboral.

Dessa forma, sempre com a urbanidade imposta por lei, caso um superior hierárquico ordene a execução de serviços particulares, sem a menor relação com suas funções, DIGA NÃO. Se pedir algo manifestamente ilegal, DIGA NÃO. Se pedir para executar serviços de interesse do órgão, porém não previstos no rol de atribuições do cargo, NÃO FAÇA. Se lhe dirigir a palavra em tom de voz elevado, O ADVIRTA para que observe o dever recíproco de urbanidade. Entretanto, se ainda assim o desrespeito e o abuso de autoridade não cessarem, comunique imediatamente seu sindicato, entidade composta por colegas servidores que, com afinco, irão tomar o comando de sua defesa.

Que nunca se permita que uma FC (função comissionada) renegue valores morais, dando abertura para recorrente prática de atos tão reprováveis. Hoje a FC é sua. Amanhã, pode não mais ser.

Que se deixe cristalino que o servidor é pago para o desempenho do serviço público e para auxiliar da maneira mais profícua possível a instituição a atingir suas finalidades, e não para “adular” quem quer que seja.

Profissionalizar, respeitar e valorizar é a questão. O servidor deve exercer com zelo e eficiência as atribuições pertinentes ao cargo que ocupa e, observada a hierarquia inerente a toda atividade, obter o tratamento profissional adequado e respeitoso que não somente ao servidor, mas a todos se deve sempre reservar.

Que nunca se esqueça que o verdadeiro e legítimo dono deste e de qualquer órgão público é o POVO BRASILEIRO. E o servidor público, maior riqueza do órgão, merece respeito, valorização e capacitação, para que a população possa usufruir de um serviço público de qualidade.

É chegada a hora de arregaçarmos as mangas, nos despirmos do individualismo e nos UNIRMOS para juntos lutarmos pelo merecido reconhecimento e por um futuro melhor neste órgão.

PARABÉNS A VOCÊ SERVIDOR PÚBLICO DO MINISTÉRIO PÚBLICO DA UNIÃO NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO! VOCÊ TEM VALOR! VOCÊ É VALOR!

O SINASEMPU SOMOS TODOS NÓS, UNIDOS EM UM SÓ CORPO, UNIDOS EM UM SÓ IDEAL!

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

voltar ao topo

Portal

  • Acessibilidade
  • Comando de Greve
  • Transparência
  • Contato

Serviços

  • Jurídico
  • Ouvidoria
  • Fórum de discusão
  • Intranet

Endereço

Rua México, 158, mezanino.
Cep. 20031-145
Rio de Janeiro-RJ

Expediente

De 12h às 19h pelo horário de Brasília
Nacional: 0800 717 7790
Fax: (61) 3039-6898